back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 14 de dezembro de 2018
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 10/04/2018 - 13:27:04

Acatada sugestão para instalar
capela mortuária no Bairro Novo

  • Marcos Vieira sugeriu implantação de capela mortuária no Bairro Novo A. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Tito Zeglin afirmou que é importante saber se a vizinha do local concorda com a implantação da capela. (Foto: Chico Camargo/CMC)
A Câmara Municipal aprovou, na sessão plenária desta terça-feira (10), requerimento de sugestão ao Executivo para a implantação de uma capela mortuária no Sítio Cercado, na região do Bairro Novo A. A proposta, de autoria de Marcos Vieira (PDT), é para que a Prefeitura de Curitiba utilize um imóvel onde ficavam as instalações do antigo Projeto Mutirão, para catadores de materiais recicláveis (203.00041.2018). O vereador argumenta que o espaço pode dar origem a duas salas mortuárias e já conta com a estrutura de cozinha, banheiros e estacionamento.

“Com uma população de 80 mil habitantes, temos apenas uma capela. [O bairro] está localizado numa região de periferia, onde as pessoas têm mais necessidades”, pontuou Vieira. “Durante o processo de liberação do corpo, se a família não tiver o local para o velório, não tem essa liberação”, frisa. “Isso traz dificuldades, porque as casas são pequenas e [os moradores] não têm onde fazer o velório”, acrescentou.

Durante a discussão do requerimento, Tito Zeglin (PDT) afirmou que é importante saber se a vizinha do local concorda com a implantação da capela. Ele afirmou que viveu duas situações: uma em que R$ 120 mil em emenda parlamentar, de sua autoria, foram destinados para a construção de túmulos para indigentes, em vez de capelas mortuárias. Em outro momento, solicitou a construção de um espaço ao lado do Laboratório Municipal, mas moradores e comerciantes da região “não admitiam que tivesse uma capela no lugar”. Ele ainda criticou capelas dentro de cemitérios que não estariam sendo utilizadas “porque há interesses que se sobrepõem ao municipal”.

A proposta foi apoiada por Oscalino do Povo (Pode): “Sei que seu coração dói com o de muitos moradores. A morte não dá para adiar”. “É uma sugestão plausível. Não dá para ter imóveis ociosos com tantas necessidades na cidade. Acredito que o prefeito irá atendê-lo nessa questão”, declarou Noemia Rocha (PMDB). Professor Silberto, do mesmo partido da parlamentar e morador do Sítio Cercado, também se manifestou favoravelmente à iniciativa.

Outros requerimentos
Foram acatadas outras duas sugestões ao Executivo. Uma delas é de Goura (PDT) e trata do incentivo à prestação de serviços de modo sustentável, por meio de devolução de tributos (201.00030.2018). Já Noemia Rocha propõe estudos para a construção e implantação de um centro de atendimento e apoio a jovens dependentes químicos (201.00031.2018).


Texto:   Claudia Krüger
Revisão:   Fernanda Foggiato
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:

Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2018 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.