back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 13 de novembro de 2018
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 05/11/2018 - 16:43:27

Promotor sugere regulamentação
de placas de monitoramento

  • O promotor estadual Régis Rogério Vicente Sartori esteve na presidência da Câmara para falar sobre a regulamentação das placas de monitoramento. (Foto: Chico Camargo/CMC) - posada
  • O presidente da Câmara, Serginho do Posto, disse que vai procurar uma forma de contribuir com a comunidade. (Foto: Chico Camargo/CMC) – fechada no Serginho
  • A reunião foi acompanhada pelo vereador Helio Wirbiski, que sugeriu uma emenda ao projeto do prefeito batizado de Muralha Digital. (Foto: Chico Camargo/CMC) (Foto: Chico Camargo/CMC) - sentados
O presidente da Câmara Municipal de Curitiba (CMC), Serginho do Posto (PSDB), recebeu na tarde desta segunda-feira (5) o promotor estadual Régis Rogério Vicente Sartori, da Promotoria de Justiça das Comunidades. Eles conversaram sobre a possibilidade de legalizar placas que são colocadas pelos próprios moradores nos bairros alertando sobre vias públicas que são monitoradas por câmeras para melhorar a segurança. Para Sartori, a medida tem surtido efeito na redução dos assaltos mas, por não serem regularizadas, muitas vezes as placas são retiradas pela prefeitura.

“A comunidade, que tem vivido problemas de segurança, manda fazer as placas com dinheiro próprio e a prefeitura vai lá e retira por causa da logomarca da empresa de segurança que é impressa junto”, explicou. Para ele, a prefeitura está fazendo seu o trabalho e cumprindo a lei, mas é necessário encontrar uma solução para que as placas possam permanecer em locais estratégicos.

Ele explicou que há uma lei no Senado Federal sendo debatida para criar o Estatuto da Segurança Privada, que aborda o assunto, mas que alguns municípios, como São Paulo, já se adiantaram e estabeleceram regras locais para essas placas se tornarem viáveis. Helio Wirbiski (PPS), que também participou da reunião, sugeriu que seja apresentada uma emenda assinada por diversos vereadores para que a medida passe a integrar o projeto que tramita na Câmara de Curitiba batizado de Muralha Digital (005.00095.2018), apresentado pelo próprio prefeito Rafael Greca em julho deste ano – uma política de videomonitoramento para a cidade toda.

Serginho do Posto concordou com a ideia de Wirbiski e acrescentou que seria uma forma rápida de solucionar o problema, pois o projeto Muralha Digital já está tramitando. No entanto, ponderou que é necessário consultar o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) para elaborar a proposta. Ele informou que a prefeitura tem uma padronização desses materiais para  toda cidade.


Texto:   Michelle Stival da Rocha
Revisão:   Claudia Krüger
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2018 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.