back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 22 de outubro de 2018
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 27/06/2018 - 12:32:46

Confirmados crédito à moradia,
utilidade e denominação públicas

  • Câmara aprova aporte de R$ 562.032,80 à construção do Residencial Theo Atherino, no Tatuquara. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Segundo o vereador Bruno Pessuti, o programa Minha Casa, Minha Vida representou um “grande avanço” ao permitir o acesso à moradia a população. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
  • De acordo com Zeglin, Willy Gonser foi o narrador brasileiro que mais transmitiu Copas do Mundo, do evento de 1962 a 2006. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
  • Segundo Silberto, o Colégio Estadual Rodolpho Zaninelli foi construído em 1995 e atende mais de 1.300 alunos. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
A Câmara Municipal confirmou, por unanimidade e em segundo turno, nesta quarta-feira (27), o projeto do Executivo que pede autorização para aporte de R$ 562.032,80 à construção do Residencial Theo Aterino, no Tatuquara, obra integrante do programa Minha Casa, Minha Vida (005.00063.2018). Segundo a Prefeitura de Curitiba, os recursos são oriundos do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social. A matéria depende da sanção do Executivo para entrar em vigor.

O residencial tem 240 unidades habitacionais, sendo metade delas destinadas aos inscritos na fila da Cohab com renda até R$ 1,6 mil. A outra metade é para famílias oriundas de ocupações irregulares em situação precária. De acordo com a prefeitura, o repasse dos recursos servirá como complementação dos valores destinados pelo Fundo de Arrendamento Residencial para aquisição e produção do empreendimento, conforme a lei municipal 12.816/2008.

Para Bruno Pessuti (PSD), o programa Minha Casa, Minha Vida representou um “grande avanço” ao permitir o acesso à moradia pela população. No entanto, disse que a iniciativa do governo federal tem muitos “equívocos”, ao limitar o valor dos terrenos e levar os empreendimentos a serem construídos na periferia ou na região metropolitana. “O problema é que às vezes são muito longe do centro e dos locais do trabalho [dos moradores]. Ou então nos rincões da cidade, o que dificulta levar a infraestrutura”, pontuou.

Da mesma opinião partilham os vereadores Jairo Marcelino (PSD) e Zezinho Sabará (PDT). “Alguns conjuntos só têm uma saída, formam filas [de veículso] com até 2 quilômetros”, disse Marcelino. “Acompanhei uma realocação de 560 famílias, no Moradias Corbélia [na CIC], e a gente luta pelas melhorias. É difícil conseguir, falta infraestrutura naquela área”, completou.

Denominação
Também em segundo turno, com 28 votos favoráveis, foi acatado o projeto de Tito Zeglin (PDT) que denomina um logradouro público da capital como Willy Fritz Gonser (009.00038.2017). Gonser nasceu em Curitiba no ano de 1936. Segundo Zeglin, ele é reconhecido como o maior narrador de futebol no rádio do Paraná e “um dos maiores de todo o Brasil”. Atuou nas rádios Marumby, Curitibana, Clube e Independência, além de outras emissoras brasileiras. De acordo com Zeglin, Willy Gonser foi o narrador brasileiro que mais transmitiu Copas do Mundo, do evento de 1962 a 2006.

O vereador sugeriu que o nome de Willy seja indicado para denominar um centro esportivo da capital. “O centro esportivo do Xaxim precisava de um nome de relevância. Gostaria que fizesse essa indicação”, sugeriu Geovane Fernandes (PTB). Os vereadores Colpani (PSB), Felipe Braga Côrtes (PSD), Jairo Marcelino (PSD), Noemia Rocha (MDB), Oscalino do Povo (Pode), Osias Moraes (PRB), Sabino Picolo (DEM), Thiago Ferro (PSDB) e Zezinho Sabará (PDT) participaram do debate.

Utilidade pública
De autoria do vereador Professor Silberto (MDB), foi acatado em segunda votação, com 25 votos positivos, a declaração de utilidade pública à Associação de Pais, Mestres e Funcionários do Colégio Estadual Rodolpho Zaninelli. A proposição (014.00005.2018) depende agora da sanção do prefeito para entrar em vigor.

Segundo Silberto, o colégio, que foi construído em 1995, atende mais de 1.300 alunos e possui 5 turmas para formação de técnicos em mecânica. “[Curso] muito procurado para atender a comunidade. A utilidade beneficia em várias coisas, como isenção do alvará, [da taxa] dos Bombeiros e outros benefícios”, finalizou.


Texto:   Claudia Krüger
Revisão:   José Lazaro Jr.
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2018 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.