back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 22 de outubro de 2018
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 12/04/2018 - 09:42:06

Proposto pagamento de
multas por cartão de crédito

  • Jairo Marcelino apresentou projeto que permite pagamento de multas de trânsito por cartão de crédito ou débito. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Para Marcelino, medida irá diminuir inadimplência e antecipar os pagamentos. (Foto: Chico Camargo/CMC)
O pagamento de multas de trânsito e outros débitos relativos ao veículo poderão ser pagos com cartões de débito ou crédito, segundo propõe o vereador Jairo Marcelino (PSD). Ele apresentou projeto de lei, na Câmara de Curitiba, para que o Executivo estabeleça parcerias técnico-operacionais para viabilizar o trâmite (005.00040.2018). Caso aprovada pelo Legislativo e sancionada pelo prefeito, a medida entrará em vigor na a partir da sua publicação no Diário Oficial do Município.

A matéria permite o parcelamento das multas, a fim de regularizar a situação do condutor. Na opinião de Marcelino, o pagamento via cartão de crédito cria “um compromisso entre o titular e a administradora do cartão”. Segundo ele, isso reduziria a inadimplência e ajudaria os motoristas a acertar sua situação para obter o licenciamento veicular.

“O Código de Trânsito Brasileiro em vigor aumentou com rigidez as infrações e, além de aumentar as penalidades cometidas, ainda reajustou o valor das multas aplicadas e boa parte dos condutores não tem condições financeiras para realizar o pagamento das multas”, argumenta Jairo Marcelino.

O autor explica que a resolução 619/2017, do Conselho Nacional do Trânsito (Contran) normatizou os procedimentos para a aplicação das multas por infrações, além de ter regulamentado a forma de arrecadação e repasses dos valores “cujo intuito é oferecer a antecipação da quitação dos débitos de forma integral”. Marcelino argumenta ainda que haverá antecipação da quitação dos débitos de forma integral “uma vez que o recebimento de multas realizado pela rede arrecadadora será feito exclusivamente à vista, oferecendo assim uma forma mais célere para regularização de débito”.

Conforme o texto do projeto, caberá ao Executivo, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito, autorizar o pagamento parcelado. As parcelas, no entanto, não podem ter valor inferior ao de uma infração leve, que hoje é de R$ 88,38. Esse mesmo projeto já foi apresentado por Jairo Marcelino no ano passado (005.00347.2017), mas foi arquivado pela Comissão de Constituição e Justiça.

Tramitação

Após a leitura no pequeno expediente da sessão, a proposição recebe uma instrução técnica da Procuradoria Jurídica. Na sequência, será analisado pelas comissões temáticas do Legislativo. Durante esta fase da tramitação nos podem ser solicitados estudos adicionais, juntada de documentos faltantes, revisões no texto ou o posicionamento de outros órgãos públicos afetados pelo teor do projeto. Depois de passar pelas comissões, o projeto segue para o plenário e, se aprovado, para sanção do prefeito para virar lei.


Texto:   Claudia Krüger
Revisão:   Filipi Oliveira
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2018 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.