back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 19 de julho de 2018
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 12/04/2018 - 09:33:41

Vereadores discutem sobre
requerimentos repetidos ao Executivo

  • Toninho disse que enviou requerimentos para a limpeza de várias ruas na Vila Verde, na CIC, que estão sendo realizados pelo Executivo. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Mestre Pop argumentou que, como vereador, “não tenho nenhum impedimento para fazer um requerimento de qualquer cidadão que venha em meu gabinete”. (Foto: Chico Camargo/CMC)
O vereador Toninho da Farmácia (PDT) utilizou a tribuna, durante o grande expediente da sessão plenária da Câmara de Curitiba nesta quarta-feira (12), para reclamar de pedidos seus ao Executivo que são atendidos pela administração, mas que haveria pessoas da sociedade que “por maldade”, estariam divulgando nas redes sociais como intervenções de outro parlamentar, no caso, o Mestre Pop (PSC).

Toninho disse que enviou requerimentos para a limpeza de várias ruas na Vila Verde, na CIC, que estão sendo realizadas pelo Executivo, no entanto, um pedido de Mestre Pop para a limpeza da rua onde Toninho da Farmácia mora, teria sido usado por populares para dizer que Pop requereu “uma limpeza geral na Vila Verde e entorno”, conta Toninho da Farmácia. “Ele está no direito dele [de fazer requerimentos ao Executivo] de fazer o pedido que quiser. Achei de má-fé que alguém colocou que [Pop] pediu para a toda a Vila Verde”, acrescentou Toninho. Ele frisou que “quanto mais ajuda melhor” e deixou claro, em tom mais ameno, que não estava criticando pessoalmente Mestre Pop. “Não é estar repelindo nem arrumar encrenca com ninguém, mas é uma questão de justiça e falta de respeito”, falou.

Em resposta, Mestre Pop argumentou que, como vereador, “não tenho nenhum impedimento para fazer um requerimento de qualquer cidadão que venha em meu gabinete”. Ele ainda falou que, se vários parlamentares fizerem o mesmo requerimento ao Executivo, “reforça o pedido”. Sobre a postagem na rede social, de que Mestre Pop teria pedido a limpeza de toda a Vila Verde, ele se isentou e pontuou que não tem responsabilidade de “a pessoa ir no seu Facebook, de forma particular”, finalizou.

O ocorrido levou à discussão no plenário a respeito da sobreposição de parlamentares nas “áreas de atuação” que seriam de outros vereadores, na cidade, e do trabalho específico de alguns deles em determinados bairros da capital. Ezequias Barros (PRP), por exemplo, disse que sempre pesquisa ao fazer um requerimento à prefeitura e que “se tiver algum pedido de outro vereador, eu não faço”.

Já Thiago Ferro (PSDB) lembrou o caso de Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, que foi ao congresso e Senado americano falar “sobre a influência do Facebook nas eleições americanas”. Por sua vez, Serginho do Posto (PSDB) comentou que as redes sociais “vivem um momento de reflexão”. Mauro Ignácio (PSB) e Rogério Campos (PSC) também teceram comentários em apoio à Toninho da Farmácia.


Texto:   Claudia Krüger
Revisão:   Filipi Oliveira
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2018 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.