back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 25 de setembro de 2018
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 12/03/2018 - 12:16:41

Curitiba terá campanha anual de
combate ao tráfico de pessoas

  • “As denúncias são fundamentais, porque é por meio delas que as pessoas são resgatadas”, alertou Thiago Ferro, autor do projeto do Julho Azul. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Para conscientizar os vereadores, Karoline Correia, Letícia Martins, Maurício Brunetti e Rodrigo Belarmino, do Grupo Jocum dramatizaram situações de tráfico de pessoas. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Aprovação do Julho Azul na Câmara de Curitiba mobilizou órgãos do governo estadual e da sociedade civil organizada. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • “Tráfico de pessoas parece coisa de cinema, mas não é”, disse Pier, que citou o filme Busca Implacável durante o debate em plenário. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • “O tráfico de pessoas se aproveita da disparidade econômica”, analisou Osias Moraes, sobre os aliciadores buscarem pessoas em vulnerabilidade social. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • “Precisamos de mais equipe no Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas”, cobrou a Professora Josete. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Para Katia Dittrich, o aumento no tráfico de pessoas está relacionado com o planeta ter, hoje em dia, “200 milhões de pessoas em situação de guerra”, “fragilizadas”. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • O vereador Goura criticou o governo federal por ter dificultado o acesso à lista de empresas flagradas em situação análoga ao trabalho escravo. (Foto: Chico Camargo/CMC)
Os vereadores aprovaram com unanimidade, nesta segunda-feira (12), que a Prefeitura de Curitiba e a Câmara Municipal realizem campanha anual de conscientização para o enfrentamento do tráfico de pessoas. “As vítimas são jovens entre 16 e 25 anos de idade. São pessoas simples, aliciadas com palavras sedutoras, que prometem um futuro melhor, mais qualidade de vida, mas depois percebem a mentira”, alertou Thiago Ferro (PSDB), autor da iniciativa que institui a campanha Julho Azul (005.00267.2017).

Foi divulgado em plenário balanço do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (NETP) com 151 denúncias de tráfico de pessoas no Paraná em 2017. O órgão, vinculado à Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, que é coordenado por Silvia Xavier, investiga, a partir dessas queixas, 34 situações de exploração sexual, 1 de remoção de órgãos, 16 de trabalho análogo ao escravo, 96 de atividade criminosa e 4 de tráfico internacional. “A sensibilização e a conscientização são extremamente importantes porque a partir da informação é que começamos a receber as denúncias”, destacou Silvia Xavier.

Para o vereador Thiago Ferro, a campanha Julho Azul é importante para evitar que se repita em Curitiba o que já acontece no cenário nacional: queda de 10% no número de denúncias associada a aumento dos casos em 8%. “Como é que aumenta o crime e caem as denúncias? Os aliciadores estão cada vez mais sofisticados em esconder o rastro do crime. Para fazer frente a isso, temos que promover esse debate e integrar atividades de conscientização”, defendeu o parlamentar. “As denúncias são fundamentais, porque é por meio delas que as pessoas são resgatadas”.

No artigo 2º, a proposição estipula que “no mês Julho Azul o Poder Público, em cooperação com a iniciativa privada e outros setores da sociedade civil organizada, poderá realizar campanhas de esclarecimentos e outras ações educativas e preventivas, visando encorajar a sociedade a participar do enfrentamento ao tráfico de pessoas”. A campanha Coração Azul é uma iniciativa da ONU (Organização das Nações Unidas), que estipulou a data de 30 de julho como Dia Mundial do Enfrentamento do Tráfico de Pessoas.

Diversos vereadores se pronunciaram contra o trabalho escravo, a exploração sexual, o tráfico de crianças e de órgãos. Felipe Braga Côrtes (PSD), Goura (PDT), Mestre Pop (PSC), Katia Dittrich (SD), Zezinho Sabará (PDT), Maria Manfron (PP), Professora Josete (PT), Ezequias Barros (PRP) e Osias Moraes (PRB) e Pier Petruzziello (PTB). “Tráfico de pessoas parece coisa de cinema, mas não é”, disse Pier, que citou o filme Busca Implacável, em que duas jovens de férias em Paris são sequestradas por uma rede de prostituição.

Defendendo a informação como forma de combater o tráfico de pessoas, Thiago Ferro divulgou três canais de denúncia: os disques 180 e 100, do governo federal, que recebem, respectivamente, queixas de violência contra a mulher e de ofensa aos direitos humanos, e o Disque 181, do governo do Paraná, que também trata das denúncias de tráfico de pessoas. “Tem que duvidar sempre da proposta de emprego fácil, pedir a leitura do contrato de trabalho, buscar informações sobre a contratante e redobrar esses cuidados se a proposta envolver viagem”, explicou o vereador.

Para conscientizar os vereadores, Karoline Correia, Letícia Martins, Maurício Brunetti e Rodrigo Belarmino, do Grupo Jocum (Jovens Com Uma Missão) dramatizaram situações de tráfico de pessoas. No plenário, acompanharam a votação, em apoio à iniciativa, Yuri Rodrigues, superintendente do Nucria (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente) da Polícia Civil; Valdirene Corrêa e Salete Ferreira, da Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos; Marfisa Silva, da rede O Grito Pela Vida; Mariane Kizwiener e Eliana Arantes, do grupo Mulheres Que Se Importam; e a policial militar Tania Guerreiro, que milita no combate à pedofilia.


Texto:   José Lazaro Jr.
Revisão:   Filipi Oliveira
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2018 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.