back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 26 de maio de 2018
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 07/02/2018 - 14:41:30

Plano de Recuperação possibilitou
retomada da Oficina de Música,
diz secretário

  • Para Marcelo Cattani, o Plano de Recuperação possibilitou a retomada da Oficina de Música, evento que não ocorreu no ano passado. (Foto: Francisco Camargo/CMC)
  • Roberto Lanza informou que foram lançados 10 editais do Fundo Municipal de Cultura. (Foto: Francisco Camargo/CMC)
  • Para Goura, é importante que o poder público incentive a ocupação de espaços públicos pelos músicos. (Foto: Francisco Camargo/CMC)
“Com muita determinação e apoio incondicional do prefeito, nós não só recolocamos a Oficina de Música no calendário, como buscamos um conjunto de patrocinadores que garantiu o sucesso que vocês estão vendo hoje”, disse o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcelo Cattani. Ele, que acumula o cargo de secretário municipal de Comunicação, esteve na Tribuna Livre da Câmara de Curitiba desta quarta-feira (7), a convite de Goura (PDT), para falar da 35ª edição da Oficina de Música, que termina nesta semana, e outros assuntos pertinentes à produção cultural da cidade.

Segundo o gestor público, a Oficina de Música não foi realizada no ano passado em função da situação econômica do município naquele momento. “Havia um grave desequilíbrio orçamentário”, disse. Cattani explicou, ainda, que “o ajuste fiscal [o chamado Plano de Recuperação proposto pela Prefeitura de Curitiba em 2017 e aprovado pela Câmara Municipal] vai possibilitar uma retomada com força das atividades do Fundo Municipal de Cultura. Por exemplo, em maio, teremos a entrega do Cine Passeio, na rua Riachuelo”.

“Ao contrário do que diz o senso comum, a arte não é uma excrescência ornamental da sociedade, disse Paulo Leminski na época em que foi realizada a primeira edição da oficina, em 1983”, salientou Goura. No entendimento do vereador, as pessoas devem ser tocadas pela beleza das manifestações artísticas para se sentirem parte da sociedade. Para ele, é importante que o Poder Público incentive a ocupação de espaços públicos pelos músicos, como é o caso do projeto “Domingo de Bolso” - de ocupação cultural da Praça de Bolso do Ciclista – e que haja uma legislação que ampare os músicos de rua.

José Roberto Lanza, diretor de Ação Cultural da Fundação Cultural, exibiu algumas imagens da Oficina de Música e comentou que o Projeto Musicar sinaliza a perspectiva que a Fundação Cultural tem em relação ao futuro. Três especialistas foram convidados para dirigir as curadorias da Oficina: Rodolfo Richter, na música antiga; maestro Abel Rocha, música erudita; e João Egashira, música popular. “Além dessas curadorias, há os módulos de inovação”, lembrou. “Em 2018, enfrentamos o desafio de encontrar parceiros para o custeio da Oficina”, ponderou o convidado.  

Ainda conforme Lanza, além da grande movimentação econômica, há o aspecto intangível do evento: “a arte faz a vida ter sentido e isso não pode ser expresso em números, mas a imagem das crianças do projeto Musicar fala por si”. José Roberto Lanza destacou que 2018 começou num ritmo muito acelerado para a FCC, principalmente em virtude da Oficina de Música, que foi ampliada mas manteve seu padrão de qualidade. Segundo o diretor, foram lançados 10 editais do Fundo Municipal de Cultura.

Participaram do debate os vereadores: Julieta Reis (DEM), Pier Petruzziello (PTB), Noemia Rocha (PMDB); Professor Euler (PSD); Ezequias Barros (PRP); Maria Manfron (PP); Helio Wirbiski (PPS); Thiago Ferro (PSDB) Jairo Marcelino (PSD); Marcos Vieira (PDT); Fabiane Rosa (PSDC); Osias Moraes (PRB); Geovane Fernandes (PTB); Bruno Pessuti (PSD); Tico Kuzma (Pros) e Tito Zeglin (PDT). Também estiveram presentes na sessão plenária, o diretor executivo do Instituto Curitiba Arte e Cultura (ICAC), Marino Galvão Júnior; e a coordenadora de Música da Fundação Cultural e do ICAC, Janete Andrade.


Texto:   João Cândido Martins
Edição:   Pedritta Marihá Garcia
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2018 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.