back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 21 de novembro de 2017
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 06/09/2017 - 15:42:09

Mais informações: Câmara envia à
Prefeitura 12 pedidos de informação

Nas sessões plenárias desta semana, 12 requerimentos com pedidos de informações foram lidos e encaminhados à Prefeitura de Curitiba. Preocupação com mortos e feridos no Contorno Norte e os contratos da prefeitura com empresas que prestam serviços de tecnologia, alimentação e segurança privada estão entre os pedidos dos vereadores ao Executivo.

O número de acidentes de trânsito em Curitiba e Região Metropolitana é uma preocupação do vereador Mauro Ignacio (PSB), que em requerimento à prefeitura questiona o número de mortos e feridos na Rodovia Admar Bertoli (Contorno Norte) e no cruzamento entre a Avenida Manoel Ribas e Rodovia dos Minérios, na região de Almirante Tamandaré (062.00388.2017). “A necessidade desses números e estatísticas se faz necessário, urgentemente, para que possam ser pensadas medidas para prevenir e conter tais ocorrências”, afirma o vereador. Nessa semana, em discurso no plenário, chamou o Contorno Norte e de “Contorno Morte”.

A segurança no Campo do Santana também é alvo de requerimento, de Mestre Pop (PSC), que pergunta à prefeitura sobre a implantação de semáforos entre as ruas Marcos Bertoldi e Humberto Bertoldi (062.00370.2017). Na justificativa, vereador afirma que a população do bairro pede “há tempos pela implantação de algum dispositivo de segurança de trânsito na região”.

Na área de mobilidade, o serviço de caronas compartilhadas também virou tema de um requerimento da Câmara de Curitiba (062.00396.2017). Cacá Pereira (PSDC) pede que a prefeitura repasse informações sobre possíveis “estudos que demonstrem o impacto na mobilidade urbana com o aumento de carros de transporte privado individual em tráfego dentro do município”. Segundo Cacá, o pedido se faz necessário “tendo em vista o grande fluxo de veículos em circulação” em Curitiba.

Professor Euler (PSD) questiona a prefeitura se há regulamentação da circulação de trens no município em horário não comercial (062.00382.2017). Euler justifica que o requerimento é o resultado de reclamações de moradores do Cristo Rei que constataram, durante a madrugada, a circulação de trens “que emitem ruídos muitos altos e perturbam o sono em todas as residências próximas ao trajeto das locomotivas”. Segundo o vereador, o município deverá “conciliar o conflito da melhor maneira possível”, buscando uma solução para ambos os lados.

Contratos da prefeitura
Os contratos da Prefeitura de Curitiba com o Instituto das Cidades Inteligentes, o ICI, foram instrumento do pedido de informação (062.00385.2017) de iniciativa do vereador Goura (PDT). O requerimento pede esclarecimentos sobre os valores mensais repassados ao instituto e em relação à propriedade dos códigos-fonte dos programas desenvolvidos pelo ICI. Segundo Goura, “a inexistência de governança no setor provoca a dependência da administração pública de entidades externas que não atendem ao interesse público, o que ocasiona perda de controle e do planejamento da área”.

Goura questionou ainda a prefeitura sobre os contratos com as empresas alimentícias Risotolândia e Denjud, que fornecem alimentação aos colégios da rede municipal (062.00387.2017). O vereador pede que o município informe quais os valores pagos mensalmente a ambas as empresas  e qual é o prazo de vigência dos contratos já firmados. Em justificativa, Goura diz que quer fortalecer o debate no legislativo sobre o projeto de lei de sua autoria que dispõe sobre a criação do programa Segunda Sem Carne nas escolas de Curitiba (005.00286.2017).

Outro requerimento de Goura solicita informações sobre os estacionamentos no Centro Cívico (062.00391.2017). O vereador afirma que “na região circulam variados modais. Muito desse espaço é utilizado para a circulação e estacionamento de automóveis e outros veículos motorizados”. Com o pedido de informação, Goura procura saber qual é a arrecadação do Município referente a essas atividades.

Noemia Rocha (PMDB) protocolou pedido de informação que requer informações sobre contratos de segurança privada e patrimonial firmados pelo município de Curitiba (062.00392.2017). O requerimento pede informações sobre dados das empresas contratadas; objeto específico dos contratos; valores e prazos de vigência; mecanismos efetivos e controle e fiscalização, além de aplicação eventual de sanções pelo descumprimento contratual. Ela afirma que, com o conhecimento dessas informações, poderá fiscalizar mais efetivamente tais serviços.

Outras informações
Autora de dois requerimentos nesta semana, Professora Josete solicita que o Executivo forneça informações sobre “o direito de licença prêmio dos servidores municipais de Curitiba (062.00393.2017). Em justificativa, a vereadora afirma que o  pedido surgiu “de diversas queixas de servidores que preenchem os requisitos de preferência e, mesmo assim, não têm autorizada a fruição de suas licenças”.

Josete ainda encaminhou ao Executivo pedido de informação referente a Comissão Municipal de Publicização (062.00394.2017). A vereadora pede que o Instituto Municipal de Administração Pública forneça relatório de atividades dos últimos 10 meses da comissão, além  das atas das reuniões em 2017 e da relação de nomes de cada um dos integrantes que compõe o órgão.

Colpani (PSB) solicita que o Executivo dê esclarecimentos sobre o fechamento da catraca de entrada da Rua Chichorro Junior, no Terminal do Cabral (062.00381.2017). Em justificativa, o vereador diz que “alguns usuários têm reclamado que a referida catraca fica desativada aos domingos, obrigando-os a fazer uma volta grande até a outra entrada”, o que faz com que os usuários do transporte coletivo percam seus ônibus.

O pedido de informação protocolado por Cristiano Santos (PV) pede ao Executivo esclarecimentos da situação em que se encontra a Feira Gastronômica da Praça Eppinghaus, no bairro Juvevê (062.00384.2017). O vereador questiona se o evento possui liberação da prefeitura para sua realização e se existem reclamações registradas na prefeitura com relação à feira. Na justificativa, Cristiano afirma ter sido abordado por moradores da região que dizem que “a menos de 200m da praça encontra-se o Asilo São Vicente, e desta maneira, a lei do silêncio não seria respeitada”.

Requerimento à Mesa
Professora Josete (PT) encaminhou à Mesa da Câmara pedido de informação sobre a instalação do elevador no pátio do estacionamento do anexo I do Palácio Rio Branco (064.00021.2017). A vereadora pede esclarecimentos sobre a possibilidade de construção de uma cobertura para a proteção do equipamento. Segundo Josete, “houve avanço na acessibilidade da Câmara Municipal, mas o elevador encontra-se ao ar livre, sem qualquer cobertura, submetendo seus usuários a chuva e situações embaraçosas”.

Prazo para respostas
Segundo a Lei Orgânica do Município (LOM), artigo 72, inciso 7º, o prazo para o prefeito prestar solicitações solicitadas pela Câmara é de 15 dias úteis, prazo que pode ser prorrogado uma única vez, por igual período. As respostas poderão ser consultadas dentro das proposições: na primeira aba “dados gerais”, haverá uma janela chamada “ofícios recebidos”.

 
*Matéria elaborada pelo estudante de Jornalismo Luiz Kozak, especial para a CMC.
Edição: Filipi Oliveira
Supervisão do estágio: Filipi Oliveira



 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2017 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.