back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 14 de dezembro de 2017
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 08/08/2017 - 08:43:54

Segurança no transporte coletivo
na pauta de Direitos Humanos

  • Na próxima quarta, a Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública debate a falta de segurança no transporte coletivo de Curitiba. (Foto: Chico Camargo/CMC)
A segurança no transporte público é o tema da reunião extraordinária da Comissão de Direitos Humanos, Defesa da Cidadania e Segurança Pública, nesta quarta-feira (9), às 14h, na Sala das Comissões no subsolo do Palácio Rio Branco. Foram convidados representantes da Urbs, Comec e Secretaria Municipal de Defesa Social.

De acordo com o vereador Goura (PDT), idealizador do encontro, nos últimos dez anos tem havido uma diminuição na demanda pelo transporte coletivo e um dos principais motivos é a violência. Em 2017, os três meses seguintes ao ajuste da tarifa de ônibus  – março, abril e maio – Curitiba registrou queda de 14% no número de passageiros se comparado ao mesmo período de 2016.

“As últimas notícias sobre casos de violência no sistema de transporte coletivo de Curitiba devem agravar o problema de evasão de usuários. Com menos passageiros a receita é menor e, por consequência, a qualidade do serviço também piora”, diz Goura. Pedro Felipe Lopes da Luz, de 16 anos, foi morto a facadas no interior de um biarticulado no Cristo Rei no dia 7 de julho. No dia 22, um motorista foi assassinado durante arrastão em um ônibus da linha Curitiba/Jardim Paulista. Quatro dias depois um cobrador de 23 anos foi atingido por dois tiros após discussão com pessoas que entraram na estação-tubo Antônio Cavalheiros, no Cabral, sem pagar.

No entendimento do parlamentar, o enfrentamento da situação se faz urgente, mas é necessário que haja envolvimento das empresas de transporte coletivo, dos profissionais que trabalham no sistema (motoristas e cobradores) e também dos usuários do sistema.

Em reunião na Comec do dia 24 de julho, foi criado o Comitê Permanente de Segurança do Transporte Coletivo Metropolitano, que vai acompanhar e discutir as ações de segurança no transporte coletivo em Curitiba e nos municípios do entorno. Participam deste colegiado representantes das polícias Militar e Civil, do Sindicato dos Motoristas e Cobradores (Sindimoc), do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo (Setransp) e da Secretaria de Defesa Social de Curitiba.

“Estão confirmadas as presenças destas entidades à reunião. O assunto é grave e deve ser discutido. Nada mais natural que a Comissão de Direitos Humanos, Defesa da Cidadania e Segurança Pública tome à frente do debate”, declarou Rogerio Campos (PSC), presidente do colegiado.


Texto:   João Cândido Martins
Revisão:   Pedritta Marihá Garcia
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2017 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.