back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 11 de dezembro de 2017
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 10/07/2017 - 15:14:27

Reapresentada proibição
da venda de buzinas a gás

  • Projeto propõe a proibição da venda de buzinas a gás propanobutano.(Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
  • Para o vereador, jovens tem se utilizado do artefato com fins alucinógenos. (Foto: Chico Camargo/CMC)
Proibir a comercialização, distribuição e uso de buzina de pressão à base de gás propanobutano, envasado em tubo de aerossol, em Curitiba. Esse é o objetivo do projeto do vereador Colpani (PSB) que tramita na Câmara Municipal desde 14 de junho deste ano (005.00265.2017). O mesmo parlamentar tinha sugerido essa limitação em 2016, mas, apesar dos pareceres favoráveis das comissões, a proposta foi arquivada sem ir à votação no final da legislatura (005.00033.2016).

Com o projeto, seriam proibidas aquelas latinhas de metal dotadas de corneta que foram inicialmente utilizadas como instrumentos de sonorização de barcos, mas que se popularizaram em estádios de futebol, bailes de formatura e durante o carnaval. No projeto, Colpani alerta que o gás dessas buzinas tem sido utilizado como lança-perfume ou “loló”.

Na justificativa, o vereador cita informação do Centro de Toxicologia do Hospital de Base, que alerta para o risco de o gás “queimar” o sistema respiratório por entrar no organismo a -20º C. Esse produto químico, derivado do petróleo, é encontrado também em objetos como o isqueiro, geladeira e ar-condicionado, com consequências que vão da náusea ao infarto.

Adquirir uma buzina dessas é fácil, mas há outros artefatos sonoros que podem substituí-las sem prejuízo à saúde, comenta o vereador. “Com a proibição da comercialização, distribuição e uso das buzinas a gás, evitaremos que nossos jovens arrisquem a vida, inconsequentemente, para obter algum resultado alucinógeno”, defende Colpani.

Tramitação
Na Câmara, primeiro o projeto de lei recebe uma instrução técnica da Procuradoria Jurídica e depois segue para as comissões temáticas do Legislativo. Durante a tramitação nos colegiados, podem ser solicitados estudos adicionais, juntada de documentos faltantes, revisões no texto ou o posicionamento de outros órgãos públicos afetados pelo teor do projeto. Depois de passar pelas comissões, segue para o plenário e, se aprovado, para sanção do prefeito para virar lei.


Texto:   João Cândido Martins
Revisão:   José Lazaro Jr.
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2017 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.