back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 28 de maio de 2017
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 18/04/2017 - 12:25:44

Câmara aprova quantificação de cargos
em gabinetes de vereadores

  • Câmara aprovou projeto de lei que fixa a distribuição de 289 cargos comissionados. (Foto: Chico Camargo/CMC)
Com 33 votos favoráveis, a Câmara de Curitiba aprovou nesta terça-feira (18) o projeto de lei da Comissão Executiva que fixa a distribuição de 289 cargos comissionados na estrutura parlamentar do Legislativo para 2017. A matéria, acatada em primeiro turno, atende à lei municipal 10.131/2000 que estabelece a estrutura organizacional da Câmara, distribuindo os postos entre os gabinetes e as lideranças partidárias (004.00001.2017).

Autora do projeto, a Comissão Executiva é formada pelos vereadores Serginho do Posto (PSDB), presidente, Bruno Pessuti (PSD) e Mauro Ignácio (PSB), primeiro e segundo secretários respectivamente. A medida é um procedimento anual e estabelece quais cargos os vereadores estão ocupando dentro da cota para compor as equipes de mandato, que pode ter até sete servidores comissionados, cuja remuneração varia conforme a tabela oficial.

O salário mais alto, destinado aos chefes de gabinete, tem o código CC-1 – e equivale a uma remuneração bruta de R$ 12.393,86. A classificação tem mais sete níveis: CC-2 (R$ 11.016,73), CC-3 (R$ 9.639,70), CC-4 (R$ 8.262,60), CC-5 (R$ 6.885,46), CC-6 (R$ 5.508,38), CC-7 (R$ 4.131,28) e CC-8 (R$ 2.754,11). A soma dos sete cargos escolhidos não pode ultrapassar o limite mensal de R$ 51,5 mil.

“Do ponto de vista técnico e legal, este projeto tem toda possibilidade de votação, dando transparência aos nossos atos”, declarou o presidente da Casa, Serginho do Posto, ao defender a matéria. “São estruturas muito realistas, estamos nos esforçando para termos controle nos gastos”, afirmou o chefe do Legislativo.

Questionado pela vereadora Noemia Rocha (PMDB), se havia um equilíbrio entre o número de servidores efetivos e comissionados, Serginho explicou que sim, já que “a partir de 2013 fizemos este ajuste, dando um limite de até sete assessores por gabinete”. Atualmente, das 348 vagas para efetivos, apenas 201 estão preenchidas – resultado das aposentadorias concedidas e do último concurso ter ocorrido em 2007. Dos 317 cargos comissionados permitidos na Câmara, 311 estão preenchidos.

Durante o debate, o vereador Sabino Picolo (DEM) considerou positiva a aprovação, pela Câmara dos Deputado, da Lei da Terceirização. “O Ministério Público tem um outro entendimento, já que se fazendo concurso público está se assumindo gastos com impacto no futuro”, declarou. O plenário também aprovou, com 32 votos favoráveis, uma emenda aditiva (032.00001.2017) convalidando os atos publicados pela Comissão Executiva no Diário Oficial do Município de 10 de fevereiro de 2017.


Texto:   Claudia Krüger
Revisão:   José Lazaro Jr.
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2017 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.