back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 28 de maio de 2017
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 27/08/2015 - 13:11:22

Comando-Geral da PM pede desculpas aos vereadores

  • Comandante-geral da Polícia Militar, Maurício Tortato pede desculpas aos vereadores em visita ao presidente da Câmara, Ailton Araújo. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • A visita ocorreu na manhã desta quinta-feira (27) na presidência da Câmara Municipal. (Foto: Chico Camargo/CMC)
A polêmica declaração do major Alex Breunig, da Polícia Militar, durante a votação do projeto que libera a venda de bebidas alcoólicas nos estádios, na sessão plenária desta quarta-feira (26), motivou um pedido oficial de desculpas por parte do Comando da Polícia Militar do Paraná. O comandante-geral da PM, Maurício Tortato, visitou na manhã desta quinta-feira (27) o presidente da Câmara Municipal de Curitiba, Ailton Araújo (PSC). “Humildemente venho aqui manifestar meu absoluto respeito a todos os integrantes da Câmara de Vereadores em relação à forma como foi conduzido o debate acalorado. Podemos traduzir isso [essa visita] em um pedido de desculpas a todos os vereadores”, disse.

O coronel ainda deixou claro que a postura institucional da Polícia Militar é “de absoluto respeito aos legítimos representantes do povo curitibano, razão pela qual não adotaríamos institucionalmente nenhuma postura mais agressiva que não fosse da composição, da construção e do aperfeiçoamento do processo democrático em prol da sociedade curitibana”, complementou.

Sobre o projeto de lei que está sendo votado na Câmara, ele reforçou o posicionamento contrário da Polícia Militar: “Temos a convicção de que nos campos de futebol, com a proibição, os índices das ocorrências de violência diminuíram, razão pela qual defendemos que a venda de bebidas alcoólicas não é salutar para a segurança nos estádios” (ouça na íntegra a entrevista abaixo).

O presidente Ailton Araújo deixou claro que a declaração do major Breunig em plenário não causou nenhum problema institucional entre a Câmara e a Polícia Militar. “Entendemos que foi uma postura pessoal, motivada pelo debate. No momento, ficou esclarecido que ele foi infeliz na sua colocação. Isso fica confirmado aqui com a visita do comandante que, de maneira muito simpática, veio dizer que a PM respeita a instituição e os vereadores, assim como nós também respeitamos nossos militares”, afirmou.

Declaração polêmica
Durante a votação em segundo turno do projeto de lei que libera a venda de bebidas alcoólicas dentro dos estádios (leia mais), Breunig ameaçou publicar os nomes dos responsáveis pela aprovação, sempre que forem registrados crimes relacionados a bebidas nos jogos. “Desta vez, o aumento da criminalidade tem endereço e tem nomes. Cada vez que um vereador oficiar a polícia dizendo que está com problemas de segurança, vou colocar esse cartaz de votação na resposta, incluindo quem votou a favor e, pior, aqueles que se omitiram. A omissão é pior do que a ação, porque significa covardia. Então, se manifestem”, disse na tribuna da Câmara Municipal.

A declaração teve imediata repercussão no plenário da Câmara. Paulo Salamuni (PV), líder da maioria na Câmara, reagiu: “Não vamos aceitar qualquer espécie de intimidação, seja de qualquer pessoa que use a tribuna. Pode manifestar a sua opinião, mas debitar ao vereador como ele tem de se comportar nós não aceitamos. A democracia pressupõe o respeito ao voto popular. Inclusive, abrimos uma exceção à Vossa Excelência, que não poderia estar, regimentalmente, armado dentro do plenário”.

O presidente Ailton Araújo também repreendeu o militar. “Não podemos aceitar, porque ninguém vai lá intimidar a polícia. Se [alguém] desrespeitar a policia, vai preso por desacato à autoridade. Da mesma forma aqui, os vereadores são autoridades e devem ser respeitados. Então, queremos creditar isso à emoção do momento, porque é inaceitável”, disse. A declaração do major também teve grande repercussão na imprensa e nas redes sociais.



 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.

mp3Temp/aud25283Entrevista_com_o_comandante_da_PM_Mauricio_Tortato.mp3 Entrevista com o comandante da PM, Maurício Tortato
mp3Temp/aud25283Entrevista_com_o_presidente_da_Camara_Ailton_Araujo.mp3 Entrevista com o presidente da Câmara, Ailton Araújo
mp3Temp/aud25283Trecho_polemico_do_discurso_do_major_Alex_Breunig.mp3 Trecho do discurso do major Alex Breunig

Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2017 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.